A pré-estreia de Esquadrão Suicida foi marcada por declarações polêmicas. Além do diretor David Ayer, que já até se desculpou por um insulto à Marvel, Will Smith admitiu algo controverso sobre sua história em Hollywood. “Eu fiz muitos filmes, e alguns deles não se pode nem contar como filmes”, disse o ator ao público presente em Nova York. Ao menos ele não deu nome aos bois, aranhas gigantes ou monstros cegos. Criticou apenas a si mesmo por certas escolhas na carreira.

“David Ayer disse uma coisa que foi realmente interessante”, continuou Will Smith, segundo o Deadline: “Ele disse que não é um filme do bem contra o mal, mas um filme de maus contra o mal. E esse é um dos elencos mais maus no mundo inteiro!”, vibrou a estrela principal da companhia, antes de finalizar em grande estilo.

“O que eu amo por trabalhar nesse grupo, como vocês podem ver nesse palco, é que ele é um arco-íris”, poetizou o ator, celebrando algo muito atual e importante: pluralidade. “São todas as raças, crenças e cores. É a diversidade de que se trata esse país”, comemorou Will Smith.

Esquadrão Suicida estreia na quinta (4), mas as pré-estreias começam amanhã, quarta-feira (3). Para sessões do filme, clique aqui.