Mudanças na nova produção do universo Star Trek. Segundo informa a Variety, Bryan Fuller não será mais o showrunner de Star Trek: Discovery, deixando o posto para dois outros produtores, Gretchen Berg e Aaron Harberts.

A decisão aconteceu devido ao envolvimento de Fuller com outras duas séries, o drama American Gods, do canal Starz, e o reboot de Amazing Stories, para a NBC. Fuller será mantido como produtor executivo, ainda envolvido na confecção do roteiro e na supervisão geral do universo que será desvendado em “Discovery”. O roteirista e diretor Akiva Goldsman também passa a integrar o time criativo, retomando sua parceria com Alex Kurtzman e Bryan Fuller.

Segundo informa a Variety, a transição de postos foi feita de forma amigável, e a decisão tomada no último fim de semana. A nova estrutura possibilita que Fuller se mantenha envolvido com o projeto, mas não como seria antes – isto é, 100% integrado com a produção diária.

Star Trek: Discovery é a nova série da CBS, anunciada com bastante entusiasmo no início deste ano. Inicialmente, a série iria estrear em janeiro de 2017, mas a CBS All Acess (serviço de VOD que vai distribuir a produção) adiou para março, a fim de dar mais tempo para as filmagens. No Brasil, a série vai chegar pela Netflix.

Durante a Comic-Con 2016, Fuller e Kurtzman anunciaram que a capitã da nave será uma mulher, e um dos personagens principais será LGBT. A Variety explica que apesar de grande parte dos personagens já estarem escalados, ainda não se sabe quem será a capitã.