Sinopse: Um dos principais destaques do cinema em 2016 foi Deadpool, bem sucedido e politicamente incorreto filme de super-herói proibido para menores que arrecadou quase 800 US$ milhões nas bilheterias mundiais e colecionou elogios da imprensa especializada por conta do carisma do Mercenário Tagarela e do humor lacerante do roteiro do filme.

Depois de ser indicado a dois importantes prêmios no Globo de Ouro (Melhor Filme – Musical ou Comédia e Melhor Ator em Filme de Comédia ou Musical), Deadpool começa a ganhar calibre para se tornar um potencial indicado ao Oscar após o filme ter sido indicado em prêmios organizados pelo Sindicato dos Roteiristas, Sindicato dos Produtores e pelo Sindicato dos Maquiadores e Figurinistas, premiações que servem como indicadores para o prêmio da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.

Em entrevista ao site The Hollywood Reporter, Ryan Reynolds, intéprete do herói, especulou sobre a possibilidade de Deadpool ser realmente indicado ao Oscar e fez promessas aos fãs. “Se acabar naquela categoria [Melhor Filme], acho que será um momento legal, não só para nós, mas para todo mundo — para as pessoas que foram ver o filme, as pessoas que fizeram o filme, o estúdio e a própria Academia. Acho que nenhum filme de super-herói tenha atravessado essa barreira, então seria bom ver um filme como Deadpool fazer isso. E certamente posso prometer um vídeo de reação louco online. Na roupa no Deadpool. Garantido”.

Como não poderia deixar de ser, a produção do filme divulgou um vídeo bem humorado pelo Twitter de Reynolds que segue o estilo da publicidade “For Your Consideration” voltada para membros da indústria cinematográfica que votam nas grandes premiações realizada por filmes que vislumbram um lugar no Oscar.

Ao invés de numerar prêmios recebidos por Deadpool, o vídeo lista outras coisas: “272 kgs de chimichangas, 12 humilhantes minutos de teste de sofá, 117 páginas de roteiro, 465 improvisos, 2 nerds, 7 unicórnios mágicos, 3 paredes boas e uma 4ª que está quebrada, 42 cartas de rejeição da Fox, 1 vídeo vazado e 783 milhões de fãs.”