Não é novidade que a Netflix não divulga dados de audiência, mas uma nova pesquisa realizada pelo instituto Nielsen dá uma luz bastante precisa aos números de Orange Is the New Black. A comédia dramática criada por Jenji Kohan estreou a sua quarta temporada no último dia 17 de junho, e o Nielsen Media conduziu pela primeira vez uma pesquisa de medição das visualizações da série durante os três primeiros dias de estreia.

Segundo divulgado pela própria empresa, a nova leva de episódios foi acessada por cerca de 6,7 milhões de usuários durante a janela de três dias, somente em solo norte-americano. Os dados de exibição em três dias, chamados de Live+3, são normalmente as estatísticas mais divulgadas pelos canais a cabo visando investidores.

Os números, não confirmados pela Netflix, foram divulgados pelos executivos da Nielsen em uma conferência ocorrida em Las Vegas, e divulgados pelo The Wall Street Journal. Em comparação, a média faz da série uma concorrência igualitária a outros sucessos da TV a cabo, ficando atrás de Game of Thrones, que faz a média de 10,4 milhões durante o mesmo período de tempo, e à frente de Rizzoli & Isles (5,8 milhões).

Apesar de a Netflix não confirmar os números, o acesso do Nielsen foi feito através da produtora Lionsgate, segundo ressalta o The Hollywood Reporter. Todos os estúdios com produções originais em serviço de streaming têm a chance de incluir medições do Nielsen nas suas séries, o que concede à companhia o direito de analisar e divulgar tais dados. O serviço de streaming, porém, divulgou recentemente uma pesquisa que dá luz aos hábitos de consumo dos fãs de OITNB.